13.12.13

Hold Tight - cap 7

12

'' Lutar pelo amor é bom, mas alcançá-lo sem luta é melhor ''


Sn On
Assim que chegamos na casa de Justin ele trancou a porta e em seguida me levou até o quarto dele, deixei minha mochila dentro do enorme closet dele e me deitei na cama, ele se deitou ao meu lado e ficou mexendo com meu cabelo.

Sn: Jus ?
Jus: sim
Sn: que horas são ?
Jus: 23:30pm
Sn: já ?
Jus: uhum, está com sono ?
Sn: não, e você ?
Jus: não tambem -ele me puxou para mais perto dele e me deu um selinho- eu te amo sabia ?
Sn: sim, mas é ótimo ouvir você me dizer isso -ele riu-
Jus: vou sentir sua falta
Sn: tambem vou sentir a sua -o abracei e ele foi me colocando cada vez mais perto dele-

Ficamos um tempo assim abraçados, só curtindo o momento, mas o momento foi interrompido por mim.

Sn: vou colocar meu pijama, já volto -ele segurou minha mão-
Jus: fica assim mesmo
Sn: vou lá trocar, é rapidinho -ele se sentou na cama  e me puxou, me fazendo cair em cima dele, ambos rimos- ei -ele riu-

Até que segundos depois ele parou de rir e ficou me olhando, eu olhava fixamente para seus lindo olhos cor de mel, fomos nos aproximando, até que nossas respirações se misturaram e senti seus lábios macios tocarem os meus começou com um simples selinho, mas logo ele pediu passagem e eu cedi, tinhamos perfeita sincronia, durante o beijo Justin começou a passar a mão por minhas pernas desnudas e ia apertando as mesmas, ele me inverteu na cama ficando por cima de mim, e novamente começamos outro beijo, mas foi um beijo mais selvagem e cheio de paixão, não sabia se o que estava fazendo era certo, mas se fosse errado, devo dizer que estava muito bom. Ele continuava alisando minhas pernas, até que ele parou o beijo e ficou me olhando.. eu ri.

Jus: posso ? -disse ele se referindo a minha blusa-
Sn: vamos tentar -ele sorriu e voltou a me beijar-

Durante o beijo eu já havia tirado meu sapato, e ele começava a erguer minha blusa, assim que tirou ela por completa ele a jogou em um canto qualquer do quarto, me olhou e mordeu os labios, eu ri envergonhada, voltamos á nos beijar e eu comecei a abaixar sua calça, ele me ajudou e logo já estavamos apenas de peças intimas, novamente ele me olhou como se pedisse permissão, eu apenas assenti e ele tirou meu sutiã, ele mordeu os labios novamente e me beijou, foi descendo os beijos por meu pescoço até chegar em meus seios, ele começou a chupa-los, apertar e morder, aquilo era extremamente bom, depois de um tempo assim ele parou de 'brincar' com meus seios e desceu até a barra de minha calcinha, ele a tirou e deu um sorrisinho, não demorou muito e já pude sentir os labios quentes de Justin em minha intimidade, ele começou a chupar e lamber, era muito prazeroso, eu já gemia e ele continuava, ele penetrou com a língua e eu apenas gemi alto,  senti que iria gozar  então o avisei, ele parou o que estava fazendo e eu o inverti, dessa vez eu estava por cima, comecei a distribuir beijos por seu abdomen e logo cheguei na barra de sua cueca, vi que tinha um grande volume ali, sorri maliciosa e tirei sua cueca, seu membro saltou para fora e eu sorri, o segurei pela base e beijei o topo, comecei a masturba-lo e chupa-lo ao mesmo tempo, ele arfava e gemia ao mesmo tempo, ele iria gozar e eu parei, invetemos as posições e ele ficou por cima, ele abriu minhas pernas delicadamente e me olhou.

Jus: pode ?
Sn: vai devagar
Jus: segura em minha mão, se doer muito eu paro ok ? -assenti-

Ele colocou apenas a cabecinha em minha intimidade, devagar ele foi colocando tudo, quando estava inteiro dentro de mim ele começou com os movimentos, começaram devagar, mas logo ele foi aumentando, sentia uma dor insuportavel, mas depois de um tempo me acostumei e comecei a sentir prazer, no quarto, ou na casa inteira, podiam de ouvir gemidos e mais gemidos, aquilo era musica para meus ouvidos, percebi que Justin estava ficando cansado então inverti as posições, fiquei por cima dele, fui me sentando devagar em seu colo e comecei a cavalgar, Justin segurava em meus quadrils dando mais impulso.. Depois de mais um tempo assim trocamos novamente de posição, Justin deu mais algumas intocadas e enfim gozou, segundos depois em tambem, caímos suados na cama, nossa respiração estava ofegante, ele nos cobriu me abraçou e disse em seguida:

Jus: isso foi, simplesmente perfeito
Sn: foi
Jus: não acredito que fizemos isso -eu ri-
Sn: nem eu -rimos de novo-
Jus: eu te amo
Sn: tambem te amo -ele me selou- Jus, você era virgem ?
Jus: sim, você era ?
Sn: uhum
Jus: que bom, foi perfeito para nós dois então
Sn: não foi perfeito, foi mais que perfeito -ele soriu-

Continuamos trocando caricias até pegarmos no sono.

[...]

Acordei com o barulho do chuveiro ligado, me sentei na cama e fiquei fitando o quarto, quando vi as roupas jogadas pelo quarto, sorri ao me lembrar da noite perfeita que eu tive. Vesti a camiseta do Justin que estava jogada ali e comecei a arrumar aquela bagunça. Quando terminei, Justin saí do banheiro apenas com uma toalha enrrolada na cintura, fui até ele e o selei.

Jus: bom dia
Sn: bom dia
Jus: dormiu bem ?
Sn: não podia ter dormido melhor -ele sorriu e me selou novamente-

Entrei no banheiro e liguei a agua, deixei que ela pudesse cair sobre mim, depois comecei a tomar meu banho e minutos depois saí. Fui até o closet, me troquei e depois desci até o andar debaixo, Justin estava na cozinha conversando com alguem, me aproximei e vi que era a Pattie.






continua ?
  http://iimaghinebelieber.blogspot.pt/ <-- DIVULGANDO

12 comentários: