29.4.14

Pânico na floresta - Ultimo Capítulo

7




Autora P.O.V
A pequena Sn ainda não se conformada com a morte da melhor amiga , se perguntava o porque daquilo tudo . Sera o destino ? Provavelmente . Oh querida Sn , você nem sabe o que esta por vim .
Sn P.O.V
Ainda estava agachada e nos braços de Justin . Eu não conseguia acreditar naquilo , eu não queria acreditar . A inconformidade era tanta que não conseguia pensar em nada . Para mim , eu já estava morta , minha melhor amiga se foi , isso é tão ... triste . Muitos devem achar babaquice , mas cara , era a minha amiga , aquela em que eu podia confiar , aquela em que eu contava os segredos .
Sai dos braços de Justin e me levantei , dei alguns passos , olhei para o céu nublado e comecei a gritar , gritar igual uma louca , parecia que aquilo tirava um pouco da raiva que estava sentido . Raiva daquele ... Monstro . 
Fui interrompida com Justin me puxando para o lado e com o barulho de faca fincando em uma árvore . Olhei para frente e la estava ele, aquele mostro, cujo eu odeio tanto . Ele estava sorrindo perversamente . Olhei para Justin que assentiu com a cabeça , começamos acorrer que nem loucos . 
A adrenalina corria pelas minha veias , meu coração ficava cada vez mais acelerado. Eu olhava pra todos os lados procurando a saída . Nesse momento , tudo que eu queria era estar em casa , assistindo TV no colo da minha mãe enquanto ele fazia um cafuné gostoso que só ela sabe fazer . Mas o destino é tão mal que me fez vim pra cá , ver todos os meu amigos morrer , ver eles sofrerem e não poder ajuda-los . Eu corria ao lado de Justin tentando não se perder dele . Eu estava quase me entregando pra morte , meus pés latejavam , minha garganta clamava por água , minha visão estava borrada por conta das lágrimas .
-Vamos ! Vamos Sn , você consegue , a gente vai conseguir sair vivo daqui - disse Justin .
- Eu não consigo . Eu desisto , Justin ! - Disse parando e sentido as lagrimas rolando pelo meu rosto .
-Não ! NÃO ! Você não pode desistir Sn ! - falou começando a chorar .
-Por que não ?
-Porque eu te amo ! 
Sabe quando seu coração parece que vai sair pela boca ? Então eu estava assim . Parece que tudo ao redor sumiu , só existia eu e Justin .
Eu também te amo , Justin .
Parece que minhas energias voltaram , e a vontade de sair daqui ficou maior . Começamos a correr novamente , as vezes ficava olhando para trás para ver se ele continuava a correr atras de nós, e adivinha , ele estava ! 
- Vamos Sn! Estamos perto , eu to sentindo - Gritou Justin .
Comecei a ouvir barulhos estranhos , barulhos ... CARROS ?! O meu deus ! Estamos perto . Comecei a correr mais rápido , o barulho ficava mais forte a cada passo que  dava . 
Justin P.O.V
Corria cada vez mais rápido , estou quase saindo daqui . 
- Aaaaah ! - Sn gritou .
Olhei para trás e ela estava caída com a mão no tornozelo . Corri até ela que fazia cara de dor .
- Levanta  Sn , ele esta perto .
- Eu não consigo , vai sem mim , Justin .
- Você consegue sim , vamos Sn !
- Vai Justin , saí daqui . - Falou chorando .
- Eu não vou te deixar aqui - Falei a pegando no colo .
- Isso não vai dar certo . - Falou enquanto eu corria com . - Me deixa a..
- Eu já disse que não vou te deixar aqui - Gritei .
Ele estava perto , e a saída também . Comecei a correr mais rápido , Sn ja escondia o rosto no meu peito gemendo de dor .
Olhei para trás e aquele miserável estava caido no chão . Dei mais alguns logos passos e sai daquela floresta , vendo a rodovia movimentada , comecei a chamar por carros , logo um parou .
- Pra onde vocês vão ? - Falou o moço assim que parou o carro .
- Pelo amor de deus , tira a gente daqui , nos leve para um hospital . - Falei desesperado .
- Entra ai .
Abri a porta e coloquei Sn delicadamente no bandoe entrei . 
                                    [...]
Já estava no hospital , esperando por Sn , eu ja tinha feito alguns curativos e tomado soro, mas acho que Sn sofreu algo mais grave . A minha família , a família de Sn e a policia ja foram comunicadas . 
                                    [...]
- Acompanhantes de Sn ? - Falou o médio  e eu levantei rapidamente .
- Sou eu . Como ela esta doutor ? 
- Ela ta bem , só teve que engessar a perna .
- Posso ver ela ? 
- Claro , me acompanhe .- Falou saindo .
Passamos por um corredor enorme e brando até pararmos em uma porta .
- Ela esta ai , pode entrar . 
Abri a porta cuidadosamente tento a visão de Sn mexendo as pernas impaciente .
- Sn ?- Falei andando até ela .
- Justin !
- A gente conseguiu  meu amor , agente conseguiu . - Falei a abraçando .
- Eu te amo Justin , muito, muito, muito - Falou e depois eu te amo . 
- Pode ter certeza que eu te amo mais - Falei dando um selinho nela .
Quem diria ? Eu o Justin Bieber " aquele que não ama ninguém " esta de declarando para uma pessoa ? Talvez seja o destino . Nunca me imaginei assim , caindo aos pés de uma garota . Dias atrás eu odiava essa garota, cuja daria a vida agora . 
É o destino brincado , mostrando seu poder . Nunca duvide dele , ele é traiçoeiro  te pega de surpresa , te faz surpresas ! Ninguém nunca sabe o dia de amanhã .

acabou :'( , é gente , acabou . Eu sei que o final ficou uma bosta , mas não sou boa com isso huehueheuehe.
 Beijos até a próxima .

7 comentários:

  1. oii, está perfeito, divulga este blog, obrigada☺ http://sonhoscombieberimagine.blogspot.com.br/2014/04/angels-of-evil.html

    ResponderExcluir
  2. oii, está perfeito, divulga este blog, obrigada☺ http://sonhoscombieberimagine.blogspot.com.br/2014/04/angels-of-evil.html

    ResponderExcluir
  3. Oinnn meu Deus que perfect cara.... bem que podia ter a segunda temporada neah kkkkk brink's... foi perfeita a ib... *---*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. - Gabriela Paiva kkk esqueci de me identificar

      Excluir